Tarot Renascer

Consultores disponíveis 24 horas/dia

Suporte Administrativo:

Por quais caminhos?

O Filósofo grego, Aristóteles disse “Devemos conhecer bem o que desejamos para conseguir o que queremos”. Dessa afirmação é possível tirar insights para o caminhar. Pode-se pensar que a “realização” do desejo inicia-se no planejar, no movimento que ocorre de forma pessoal. Que será elaborado e aceito em conjunção com as leis do o universo que passam a conspirar a medida em que essa aliança é alimentada com seus propósitos.

Falando assim parece-nos fácil mas, sabemos que não o é, pois há de ser considerada a distância e a caminhada pode ser longa. Porém esse percurso pode ser experimentado dando as densidades devidas aos fatos e assim poder torná-los exatamente com suas dimensões. Essa frase de Aristóteles é muito maior, pode ser aplicada em qualquer estratégia, por exemplo de guerra, onde precisa definir logística, traçar estratégias, ou seja é, amplo e diverso.

E, para a vida? …sim, para os desejos mais íntimos, aqueles que inquietam sua alma e trazem os desassossegos por dias tornam-se sem fim? Aprender a lidar com essas questões é parte do crescimento pessoal que não parece estar relacionado a uma cronologia, mas sim a alguns “valores” que vão se moldando à medida que ampliamos nossas faculdades sejam intelectuais, espirituais que esses ciclos nos permitem. Gosto de lembrar da presença constante dos ciclos em nossas vidas. Eles determinam e nos falam muito. Círculos da lua por exemplo, eles interferem diretamente em todo o fluxo no qual estamos inseridos. Por vezes os compromissos diários absorvem o sentir e o fluir natural dos movimentos e sensações, e nesses momentos seria de grande valia parar um pouco e entender que são forças que agem em mim e no outro e assim exercitar a empatia. Esse momento de reflexão pode ser o start para diminuir aquele momento ou situação ruim e trazer forças, pela transformação que promoveu.

O Espiritismo compreende a diversidade de nível de evolução espiritual. Entende que somos espíritos de diferentes dimensões mais densas ou mais leves. Vivendo uma experiência humana na terra. Fala também sobre compromissos que assumimos antes de reencarnar e que essa oportunidade deverá ser de regenerações.

Entendem e acolhem como um pai amoroso a cada tropeço e através de espíritos superiores estão sempre nos protegendo. Aconselham ainda sobre as escolhas que fazemos e fala-se do livre arbítrio, que envolve escolhas que estão diretamente relacionadas com os padrões vibratórios, frequência com que entro em sintonia. Isso explica a repetição de situações e ou relacionamentos fracassados onde encerra-se uma situação e permanece como mesmo padrão de pensamentos e atitudes que irá atrair as mesmas situações. Os ciclos se repetem, favoráveis ou não. Entender e trabalhar esse processo pode ser o sentido da vida.